Um poema de Teixeira de Pascoaes


O Crime

Quem não é filho de Caim?
Abel não deixou filhos.
Mas em Caim, havia Abel.
E somos todos
A vítima e o carrasco
No mesmo ser...
A criatura e o criador
Na mesma fera,
O pecado e o remorso
No mesmo Deus.


em Últimos Versos, retirado de Antologia Poética, selecção de Ilídio Sardoeira, Lisboa: Cadernos F.A.O.J., série C, nº 2, Secretaria de Estado da Juventude e Desportos - Fundo de Apoio aos Organismos Juvenis, s/data, p. 58. 

Sem comentários: