Às vezes lá me interrogo


Ando sempre a falar do Mal. Que o mundo é mau. Que as pessoas são más. Que não há salvação possível. Penso: serei eu também uma pessoa má? Acredito que sim. Em primeiro lugar, não sou mais do que os outros. Em segundo lugar, só uma pessoa má consegue ver o Mal, o sabe identificar. Os puros de coração (e eu acredito que existem) não vêem o Mal. Quando o vêem: desconfiam, dão o beneficio da dúvida, dizem ninguém é mau por natureza. São optimistas.

2 comentários:

AG disse...

gostei de passar por este cantinho de palavras, por acaso

~

A. disse...

"Na maldade estamos bastante bem acompanhados.
É isso que nos salva; e fingirmos sempre não saber; e ficarmos, ainda,contentes com isso." - Erika Andstrom