Frio...


Frio
nas mãos

mãos
nos bolsos

e neles
também

restos
de nada