Depois de Bashô (2)


A voz de Kerouac
o gato e uma bola de papel:
a casa menos vazia

Sem comentários: